quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

A Marvada da Catia... parte II


R:-Tem coisa pior do que você acordar depois de um porre, e não se lembrar de nada??
J:-Nusss... é trash...
R:-Cara!!! É a pior merda que tem!!!
J:-Não saber o que fez, se fez besteira, se desmaiou, passou mal... realmente é angustiante...
R:-Acho que de longe, esse foi o PIOR porre da minha vida...
J:-A marvada da Tequila tava no meio?
R:-Tava!!!
J:-Nem vou falar nada... mesmo pq não tenho moral nenhuma né... rsrs
R:-Brow... acordei em casa  e entrei em pânico... não sei como cheguei em casa, nem que horas... totalmente sem noção de tempo e espaço... que agonia!!!
J:-Sozinha?
R:-Pelo menos isso... a primeira coisa que eu fiz foi olhar em todos os cômodos da casa se não tinha trazido nenhuma "lembrancinha" da balada.
J:-O foda é acordar com um desconhecido na cama, ou pior ainda: com vários!!!
R:-Isso nunca me aconteceu!! Credo... tenho medo só de pensar!!!
J:-Mas não se lembra de nada?
R:-De uma parte da festa sim... mas não faço idéia de como cheguei em casa, e nem de quando resolvi que ia embora... to em pânico...
J:-Ué... por que pânico? Não chegou viva?
R:-Sei lá... e se eu tirei a roupa na frente de todo mundo, fiquei com alguém que jamais ficaria sóbria, ou falei o que não devia... pra quem não devia?
J:-Cadê o celular? Olha as mensagens e fotos.
R:-Acha que não fiz isso??? Nada!!! O celular tava sem bateria na minha bolsa...
J:-Só lhe resta pesquisar, ligar pra algumas pessoas e montar o quebra cabeça.
R:-Medo da imagem que vai se formar... aiiiiiiii
J:-Pense pelo lado bom... cú de bêbado não tem dono e pelo menos o seu ainda esta com você...rsrsrs
R:-Só me faltava essa né... descobrir que participei de uma suruba... afffffffffffff
J:-Desse mal você não morre, até trêbada você é careta. O máximo que você faz é falar merda demais, rir de tudo, dizer que ama todo mundo e ficar com aquela cara de doidona olhando tudo.
R:-Fico assim quando bebo?
J:-Fica.
R:-Não fico promiscua?
J:-Um pouco... todo mundo se solta mais, perde um pouco do medo e da vergonha, mas relaxa que você é cagona até muito louca.
R:-Mas me insinuo pra homarada?
J:-Hum...
R:-Diz que não!!!
J:-Amigas não mentem pras amigas...rsrs
R:-Ai que vergonha... quero sumir... vou cavar um buraco bem fundo e ficar enterrada até o próximo Natal.
J:-Desencana ó Virgem Imaculada!!! Você não faz nada além do que todas fazem... fica mais "simpática"... só isso.
R:-Nunca mais vou beber...
J:-Sei... promessa típica da ressaca moral... quando a ressaca passa a promessa passa junto...
R:-Tô falando sério!!!
J:-Nem vou perder tempo discutindo isso com você, já ouvi esse papinho zilhões de vezes, inclusive de você.
R:-Mas dessa vez exagerei...
J:-Exagerou e não aproveitou...
R:-Isso é verdade... acabei não curtindo a balada.
J:-Não estou falando disso tonta.
R:-Tá falando de que?
J:-Lembra do que eu falei que cú de bêbado não tem dono?
R:-O meu tem viu!!
J:-Pois é... mas podia pelo menos ter feito um empréstimo... te garanto que disso você se lembraria!!!
R:-Se não me lembro de nada por que me lembraria disso?
J:- Uai, você  teria que sentar uma hora ou outra... rsrsrs

2 comentários:

  1. kkkkkk, realmente a tequila acabou com vc "R"!! Você estava bem loca!!!!

    ResponderExcluir

 
©2010 Danny Montenegro Por As Paulistanas Todos os direitos reservados